Pular para o conteúdo

Alinare

Home » Blog » 7 erros que você não pode cometer ao revender joias

7 erros que você não pode cometer ao revender joias

Compartilhar

  1. Empreender sem metas
  2. Não ter conhecimento do produto
  3. Despreparo na comunicação com o cliente
  4. Não ter a persona definida
  5. Não realizar o pós venda
  6. Não investir em divulgação
  7. Abdicar da produção de conteúdo de valor


Nós da Alinare fizemos um guia rápido para você otimizar seus ganhos ou entrar no mercado de revenda de joias.

Serão 7 dicas que com certeza irão te ajudar a alcançar seus objetivos.

1. Empreender sem metas


Essa é uma dica que funciona para os mais variados ramos. Revender joias é um empreendimento, necessita investimento. Não seja irresponsável com seu negócio, organize-se e estruture metas.

Todo bom empreendedor tem metas bem traçadas. Suas metas devem ser seguir a metodologia SMART. Tenha metas específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e com uma data de finalização.

Seguindo esse plano pode ter certeza que você traçará um objetivo ao qual você verá com mais clareza as tarefas que serão executadas para bater sua meta.

2. Não ter conhecimento do produto


Outro ponto importante é ter pleno conhecimento do seu produto. Saiba os pontos positivos da joia que você está vendendo.

Antes de vender algo, você precisa da argumentação necessária para convencer passando autoridade sobre o assunto.

Dúvida gera dúvida. É trágico um cliente precisar de uma informação, ou realizar uma pergunta e o vendedor não saber a resposta.

Quanto mais informações relevantes você tiver, maior credibilidade e confiança você passará para suas clientes.

Isso nos leva a próxima dica, que são fundamentos para uma boa comunicação com o comprador.


3. Despreparo na comunicação com o cliente


Um bom vendedor está sempre atualizado. A comunicação é um ponto-chave extremamente importante ao vender qualquer produto.

Muitos possíveis compradores desistem de adquirir seu produto por mínimos detalhes, então esteja preparado para esse momento.

Lidar com o público é uma das missões mais difíceis na hora da venda. Quem vende algo precisa estar preparado para todos os “tipos” de clientes. Os que conversam. Os quietos. Os que falam do clima, dos filhos, de política. Os que só querem comprar e ir embora.

Utilize os gatilhos mentais para convencer seu cliente sem empurrar produtos para ele. Gatilhos mentais são técnicas de comunicação que tem uma tendência de atingir o cliente psicologicamente. Convença-o que aquele é o momento certo para tomar determinada decisão

Por exemplo, a escassez é um deles. As pessoas comprovadamente tendem a tomar uma decisão de compra mais facilmente caso seu produto não tenha disponibilidade ilimitada. Outro é a prova social, podemos argumentar a venda de determinada peça relacionado a algum movimento, desfile ou alguma tendência.

Seja o que for exigido em cada momento específico. Tenha um arsenal de possibilidades para sua persona e saiba utilizá-lo da melhor forma possível.

Mas e se eu não tiver uma persona? Mão na massa, pois essa é nossa próxima dica.

4. Não ter a persona definida


Esse é um dos erros mais comuns. Apesar de ser um conhecimento técnico, vale a pena perder um tempo estudando e definindo sua persona. Não ter uma persona definida limita muito as estratégias que você vai elaborar para cumprir seu objetivo.

Após definir sua persona, existe um leque de possibilidades bem mais direcionadas para otimizar suas vendas.

Você saberá com quem está lidando, o modo como falar, os argumentos que impactam mais, quais gatilhos mentais funcionam melhor, quais são os problemas relacionados a aquela pessoa e mais uma infinidade de outras praticidades.

Centrar sua energia na persona certa te ajudará a dar atenção para clientes que realmente são

potenciais compradores.

5. Não realizar o pós venda


Um ponto muito importante no mercado de vendas é dar a devida atenção ao comprador pós venda.

Dê suporte para quem já comprou.

Fidelizar um cliente vale tanto quanto conseguir novos clientes.

No mercado de joias é muito forte a fidelização de clientes, pois sempre haverá novas peças e tendências, tornando as compras recorrentes.

Um ponto muito importante que é considerado como critério de decisão é a oferta de garantia do produto. Busque poder oferecer isso para seus clientes, pois, esse é um dos fatores que passa sensação de reciprocidade.

Logo, o cliente vai criar uma ligação com você.

Afinal, todos gostamos de atenção e cuidado.

6. Não investir em divulgação


Tão importante quanto fidelizar seus clientes, é buscar novos. Expandir faz parte do empreendedorismo.

Esteja ciente de que não investir na divulgação do seu negócio significa cortar pela raiz suas chances de expansão.

Existem vários meios para divulgar seu catálogo ou loja. E também uma variedade de valores a serem investidos para difundir seu produto.

Aqui não existe um método certo, cada objetivo tem que ter um investimento plausível referente ao resultado esperado. Porém, não se preocupar na captação de novos clientes é um erro grotesco.



7. Abdicar da disponibilização de conteúdo de valor


Em determinados momentos, tudo o que o comprador precisa é se sentir acolhido. Nem todo momento de contato com o cliente é o momento da venda final. Tenha isso em mente.

Ao conversar com seu possível cliente, dê as informações que ele está buscando, forneça dados reais e responda suas perguntas. Seja solícito.

Criar laços é um passo importante na fidelização e captação de um novo cliente.

Nem toda estratégia de venda precisa envolver a venda direta, em alguns momentos é preciso apenas se mostrar presente, com as informações necessárias.

Aliando as dicas acima ao catálogo impecável da Alinare, você está preparada para aprimorar suas vendas ou começá-las em grande estilo.

Confira nosso catálogo e entre em contato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.