Pular para o conteúdo

Alinare

Home » Blog » Joias em prata: além de uma tendência

Joias em prata: além de uma tendência

Compartilhar

A prata é considerada um metal nobre desde antigamente. Amplamente utilizada para vários fins, no ramo das joias ela cumpre seu papel com excelência.

Por diversos fatores, como, por exemplo:

  • Durabilidade
  • Baixos níveis de reação alérgica
  • Precificação
  • Facilidade de manutenção

E muitos outros motivos, consolidaram a prata como um metal referência nas joalherias de todo mundo.

Então, vamos ver o que varia com o passar do tempo, quando tratamos de prata.

Tendências de joias em prata 2022

Apesar de ser um material consolidado, a moda é um universo completamente dinâmico. 

Então a prata não fugirá desse fato. 

Dentro das peças de prata, algumas peças ganham destaque em determinadas ocasiões.

Vamos ver no que devemos nos atentar para o ano de 2022.

Mix de pulseiras

Uma tendência geral no mundo das joias é a combinação de várias peças de um mesmo material.

Quando falamos de pulseiras, o mix de pulseiras em prata é um dos queridinhos da temporada. Apesar de não ser obrigatório, uma sugestão é o mix de peças iguais, prometendo dar volume e originalidade para o look.

Anelismo

Seguindo a mesma onda, o uso de várias peças está super em alta.

O anelismo, que é o uso de vários anéis, também se mostra como uma tendência forte.

Mantendo o mesmo princípio, anéis de mesmo material ou que tenham harmonia entre si. 

Como combinar joias em prata?

Um exemplo no mix de pulseiras foi o de combinar joias iguais para compor o look, mas não apenas assim.

Joias de um mesmo material tendem a harmonizar bem quando vistas em um mesmo look. Essa é a primeira dica: 

Ao escolher a prata, tente compor todos os acessórios deste material. Então, evite misturar prata com outro metal.

Em questão de cores, a prata se encaixa melhor com tons não vibrantes. Neutros.

Caso você escolha por uma estampa, ela deve ser sutil.

Prata 925

A famosa “prata 925” é um material nobre.

O número representa a pureza do metal, que no caso da prata 925, representa 92,5% da composição deste metal.

Ou seja, 92,5% é prata, enquanto o restante é outro material, formando uma liga metálica.

O motivo de utilizar ligas metálicas para fabricar joias de prata se dá pelo fato de que seria impossível manter o formato da peça usando 100% de prata.

No Brasil, apenas a prata 925 e 950 são consideradas Prata Lei, que é um título referente à quando a joia pode ser considerada de prata ou não.

Isso nos leva a próxima questão. Qual é melhor?

Ficou interessado? Leia mais sobre a prata 925 em nosso artigo específico para esta liga.

Qual o melhor tipo de prata?

Ambas pratas, 925 e 950, tem seu valor de mercado e pureza.

Na prática, há uma pequena diferença:

A prata mais pura (950) tem seu escurecimento favorecido, devido às propriedades do metal Ag. 

Mas em relação à qualidade da peça, as duas têm um elevado padrão.

Principais motivos do escurecimento da prata

Vamos começar falando que isso é um processo natural.

A prata em contato com vários elementos tende a escurecer. Algumas práticas podem adiar e até mesmo inibir por determinado tempo os efeitos da oxidação.

Compostos com enxofre, ácido úrico e suor são 3 agentes causadores da oxidação, processo que escurece a prata.

Então devemos cuidar com estes agentes e todas as boas práticas na hora do uso. Devemos ter o máximo cuidado para prezar pela longevidade da joia.

Clique aqui e leia sobre como limpar joias de prata, uma ação que irá prevenir o escurecimento da peça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.